Incra divulga classificação de chamada pública de assistência técnica


O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) divulgou a classificação referente à seleção de entidades executoras de assistência técnica e extensão rural em Unidades de Conservação e projetos de assentamentos agroextrativistas nos estados do Acre, Amazonas e Pará. A chamada pública possui 19 lotes, que irão contemplar 26.597 famílias extrativistas.

Na área de jurisdição do Incra/Oeste do Pará, cinco lotes serão acompanhados, os quais contemplam 3.562 famílias da Reserva Extrativista (Resex) Tapajós-Arapiuns – municípios de Santarém e Aveiro. Embora seja uma unidade de conservação, a Resex possui famílias reconhecidas como clientes de reforma agrária e, por consequência, são beneficiárias de ações empreendidas pelo Incra.

Para a região da Resex Tapajós-Arapiuns, classificaram-se em primeiro lugar as seguintes organizações: o Centro de Apoio a Projetos de Ação Comunitária (Ceapac); a Ecooideia Serviços Ambientais e Tecnologias Sociais; o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam); e o Centro de Estudos Avançados de Promoção Social e Ambiental (CEAPS).

A Diretoria de Desenvolvimento do Incra/Brasília (DF) entrará em contato com as entidades classificadas em 1° lugar, convocando-as para apresentar às Superintendências Regionais do Incra – conforme a jurisdição do lote – a documentação relativa à regularidade fiscal, a  comprovações dos currículos das equipes técnicas, bem como outros documentos que julgar necessário, previamente à assinatura dos contratos.

Dúvidas: aterextrativista@incra.gov.br ou (61) 3411.7655.

Resultado

Edital da chamada pública 

Anúncios

Comentário (s)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s