Incra entrega casas em assentamento agroextrativista de Santarém (PA)


O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) entregou, no último sábado (25), mais sete casas no Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Eixo Forte, Município de Santarém (PA). Foram beneficiadas famílias assentadas da comunidade São Francisco.

As casas foram construídas com recursos do Crédito Instalação, modalidade Aquisição de Material de Construção, por meio do qual foram repassados R$ 25 mil a cada família. Os recursos, no valor total de R$ 175 mil, foram empregados na compra de produtos e no pagamento de mão de obra.

As casas possuem sala, cozinha, dois quartos e banheiro, além de varanda.

Galeria de imagens

Está em curso no PAE Eixo Forte uma etapa que compreende a construção de 28 casas, das quais, 16 foram entregues. As demais têm previsão de entrega na próxima sexta-feira (31).

Beneficiários
Benedito Castro Pedroso e Maria Sebastiana Pedroso, que possuem 64 e 60 anos de idade, respectivamente, são moradores tradicionais da região do Eixo Forte. Vivem no local desde o nascimento, onde trabalham com agricultura, principalmente, no cultivo da mandioca. Produzem e comercializam tapioca, tucupi, beiju, tarubá e, principalmente, farinha. “Ninguém passa sem farinha. Mas quando…”, brinca Maria Sebastiana, mencionando uma típica expressão paraense.

casa_pae_eixo_forte_incra_comunidade_sao_francisco_25_01_14O casal (foto) estava na lista dos assentados beneficiados com uma nova casa, no último sábado. “Para mim, muito gratificante essa casa. Veio somar com a melhoria da gente: água dentro, banheiro, cozinha… Tudo melhorou. A mulher reclamava da antiga casa”, lembra Benedito Pedroso. A casa onde moravam era de madeira, uma parte coberta com telha tipo brasilit e outra de palha. Na nova residência, o casal, que vive com um filho, dispõe de água, luz e acesso à telefonia celular.

Manoel de Jesus Amorim Costa, 40, e Zilma Maria de Sousa, 31, também foram contemplados com a política habitacional para assentados da reforma agrária. Trocaram a casa de palha e madeira por uma de alvenaria –  foto abaixo -, com piso cerâmico e coberta de telha de barro.

“Mudou muito a estrutura, o tamanho e o conforto”, destaca Zilma Sousa. A antiga casa não foi destruída; permanece como local de apoio à família.

25_01_14_casa_pae_eixo_forte_incra_sao_francisco

Manoel de Jesus e Zilma Maria vivem no PAE Eixo Forte com dois filhos, que estudam no assentamento. A família acessa programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família e o Bolsa Verde. Em suas terras, desenvolvem a agricultura, com destaque para o cultivo da mandioca.

Matérias relacionadas
Incra alcança a marca de 210 casas em assentamento agroextrativista de Santarém (PA)
Medida provisória concede benefícios a assentados para liquidação de dívidas
Assinados contratos para a construção de 28 casas no PAE Eixo Forte

Anúncios

Uma ideia sobre “Incra entrega casas em assentamento agroextrativista de Santarém (PA)

  1. Pingback: Incra conclui 28 casas no PAE Eixo Forte | Incra Oeste do Pará

Comentário (s)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s