Comunidades tradicionais de reserva extrativista no Pará acessam créditos do Incra


Por duas semanas, técnicos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) percorreram, de barco e lancha, comunidades que compõem a Reserva Extrativista (Resex) Renascer, no município de Prainha, Oeste do Pará, com o fim de iniciar a operacionalização do crédito Apoio Inicial I. O trabalhou transcorreu na segunda quinzena de outubro. A próxima etapa é a entrega de cartões às famílias para o acesso ao recurso, a ser depositado em conta bancária.

A equipe do Incra realizou reuniões com comunitários para explicar as regras e os benefícios do crédito Apoio Inicial I. Esta é a primeira atividade do tipo realizada pelo órgão na Resex Renascer.

resex_renascer_prainha_para_credito_apoio_inicial_I_7

Incra esclarece as regras e os benefícios do crédito Apoio Inicial I

Após os esclarecimentos, foi viabilizada a assinatura de contratos às famílias interessadas em acessar o crédito, que corresponde a uma parcela única de R$ 2.400. Deste valor, apenas 10% será reembolsado, em parcela única, após três três anos, com taxa de juros anual de 0,5%. Nesta primeira etapa, foram liberados 362 contratos.

resex_renascer_prainha_para_agricultura_mandioca

Agricultor cultiva mandioca na Resex Renascer

Dariu de Mendonça Sanches (foto) e Marizethe de Oliveira Silva, ambos com 32 anos de idade, foram um dos casais que assinaram o contrato referente ao crédito Apoio Inicial I. São agricultores: cultivam a mandioca e comercializam seus derivados, como farinha, tapioca e tucupi, na feira de uma vila nas imediações da Resex.

“Vai ser uma boa importância para ajudar na nossa roça,  investindo numa casa de farinha, em equipamento para cevar a mandioca e ampliar a agricultura”, adianta o agricultor Dariu Mendonça.

O casal Lucivaldo Esquerdo dos Santos, 48, e Edicilene Duarte de Oliveira, 38, também assinou o contrato relativo ao crédito Apoio Inicial I. Eles trabalham com a pesca e, no período da vazante dos rios, cultivam a melancia na várzea. Com o crédito, Lucivaldo planeja adquirir um motor bomba para auxiliar na agricultura.

resex_renascer_prainha_para_credito_apoio_inicial_I_11

Casal Lucivaldo Esquerdo e Edicilene Duarte assina contrato relativo ao crédito Apoio Inicial I

“A orientação é que as famílias apliquem coletivamente o recurso na aquisição dos produtos. Com acompanhamento, até mesmo pelo sindicato, vai ser importante, principalmente, para a lavoura branca, como o plantio da melancia, do milho e arroz”, reforça Waldemir Oliveira Ferreira, presidente do STTR de Prainha.

As famílias irão receber o valor do créditos em conta a ser aberta pelo Banco do Brasil, instituiçao que irá emitir cartões com este fim específico, possibilitando o saque ou o uso para compras em débito.

A previsão é que ainda neste ano ocorra a entrega dos cartões, em local a a ser definido. O prazo para uso do recurso é de seis meses.

Restrições
É vedada expressamente a aquisição de bebidas alcoólicas, fumo, armas de fogo e munição. A norma que trata dos novos créditos prevê sanções a servidores do Incra, assentados e terceiros que praticarem irregularidades.

Cadastro
Além da assinatura de contratos, o Incra promoveu o cadastro de famílias que residem e trabalham na Resex Renascer, mas que ainda não constam na lista de beneficiários como clientes da reforma agrária.

A Resex
A unidade de conservação foi criada em junho de 2009 como estratégia do governo federal para conter o desmatamento ilegal na região. É gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Possui área de 211 mil hectares, capacidade para 800 famílias e 433 cadastradas pelo Incra, até então, como beneficiárias da reforma agrária, de modo a possibilitar a aplicação de políticas públicas de competência da autarquia.

A agricultura, a criação de animais em pequena escala e a pesca são as atividades mais desenvolvidas na área para a obtenção de renda e a segurança alimentar.

Anúncios

Comentário (s)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s