Sistema de captação de água da chuva é implantado no assentamento Moju e II


Clique acima e veja a galeria de imagens

Clique acima e veja a galeria de imagens

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) inauguraram, no dia 30 de junho, um sistema experimental de captação de água da chuva no município de Mojuí dos Campos. Ele foi implantado na escola da comunidade São Miguel, localizada no assentamento Moju I e II.

A escola selecionada não possui poço artesiano. Até então, a água utilizada, inclusive para o consumo, era captada do igarapé mais próximo.

Para o sistema de captação de água da chuva, foram instaladas duas caixas com capacidade, cada uma, para o armazenamento de dois mil litros de água. O sistema é passível de expansão.

“Instalamos esse projeto de captação de água de chuva como piloto para fazer uma avaliação em relação à água do igarapé, de tal forma que a gente possa construir um processo educativo e a água de chuva se constituir melhor, tanto para a limpeza quanto para o consumo humano”, explica Antonio José Mota, coordenador técnico do Ipam Santarém.

incra_ipam_mds_agua_moju_i_ii_30_06_15_sistema_captacao_agua_3O sistema de captação de água da chuva possui duas caixas de descarte, de modo a eliminar resíduos antes de iniciar o armazenamento. Dentro da escola, um filtro faz uma nova limpeza da água antes do uso.

O sistema implantado na escola da comunidade São Miguel, no assentamento Moju I e II, é uma adaptação em relação às cisternas instaladas no Nordeste do país, experiência que, segundo Arnoldo Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, tem sido exitosa e garantido água de qualidade para as famílias.

O Ipam encomendou à Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) uma análise comparativa entre a água advinda do igarapé e do sistema de captação recém instalado. A pesquisa se dá em razão do hábito das famílias consumirem a água do igarapé e desmitificar qualquer receio em relação à segurança do sistema de captação.

Anúncios

Comentário (s)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s