Incra promove em Santarém (PA) oficina de crédito a organizações de assistência técnica


O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) encerrou nesta sexta-feira (20.11) uma oficina sobre a aplicação de créditos da autarquia, que foi concebida para organizações de assistência técnica e extensão rural. A capacitação – a primeira com esse caráter promovida pela Regional do Incra Oeste do Pará – iniciou ontem, em Santarém (PA), e teve como foco a aplicação do crédito Fomento Mulher na Reserva Extrativista (Resex) Tapajós-Arapiuns, que compreende áreas nos municípios de Santarém e Aveiro.

Atualmente, o Incra possui contrato com quatro organizações de assistência técnica e extensão rural que atuam na Resex Tapajós-Arapiuns: Projeto Saúde & Alegria (PSA); Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam); Centro de Apoio a Projetos de Ação Comunitária (Ceapac); e Ecooideia. Os técnicos dessas organizações foram o público-alvo da oficina promovida pelo Incra.

O crédito Fomento Mulher está associado ao serviço de assistência técnica e extensão rural. Como a Resex também já dispõe de um instrumento de uso da área por parte das comunidades, o Incra pode operacionalizar esse crédito, que corresponde ao valor de R$ 3 mil por família, concedido em operação única, e com desconto de 80% quando da liquidação do débito.

“A orientação é que essas prestadoras sigam a campo, façam o esclarecimento para os beneficiários – grupos de mulheres previamente estabelecidos e organizados – de como funciona o crédito Fomento Mulher: os projetos que podem ser financiados e como vai se dar a aplicação, o acompanhamento e o pagamento. Posteriormente, as visitas individuais para a elaboração dos projetos, que devem ser encaminhados para análise do Incra. Por fim, a emissão dos contratos e a liberação dos recursos”, informa Rubens François, técnico do setor de assistência técnica do Incra.

O Incra também irá proceder a atualização cadastral das mulheres/famílias aptas a acessar o crédito Fomento Mulher.

Além dos técnicos do PSA, Ipam, Ceapac e da Ecooideia, também participaram da capacitação membros da Consulte, outra organização contratada pelo Incra para prestar o serviço de assistência técnica e extensão rural, mas em assentamentos da reforma agrária, como o Projeto Agroextrativista (PAE) Eixo Forte, em Santarém, e o Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) Serra Azul.

Lista completa de contratos de assistência técnica e extensão rural assinados pelo Incra: https://incraoestepara.wordpress.com/2015/04/02/com-novos-contratos-incra-garante-assistencia-tecnica-a-114-mil-familias-no-oeste-do-pa/

Anúncios

Comentário (s)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s